25
set
Velhas rotas. Novos caminhos.

Comida caipira com história e denominação de origem.

Nos dias 3, 4 e 5 de outubro o restaurante Tordesilhas realizará um evento dedicado aos produtos e produtores do Vale do Paraíba, da Serra da Bocaina e da Serra da Mantiqueira chamado VELHAS ROTAS. NOVOS CAMINHOS. COMIDA CAIPIRA COM HISTÓRIA E DENOMINAÇÃO DE ORIGEM. O evento foi concebido em parceria com Rafael Cardoso, chef e criador de porcos carunchos a pasto em Silveiras, no Vale.

A chef Mara Salles fez uma expedição pela região, proseou com os produtores, se encantou com as belezas naturais, a riqueza da cultura, com os cultivos e fazeres dos produtores tradicionais e dos novos desbravadores da região, que estão resgatando culturas e trazendo soluções inovadoras: queijeiros, agricultores, criadores, produtores agroflorestais e orgânicos.

Nos dias 4 e 5 de outubro, dois jantares serão preparados pelos dois chefs com os ingredientes inusitados, artesanais e deliciosos da região. E no dia 3 será dada uma aula pelos dois para contar a história, revelar e saborear toda essa riqueza.

Alguns produtos regionais e raros também serão vendidos na ocasião.

Espraiando-se entre a Serra da Mantiqueira e a Serra da Bocaina, a zona de influência cultural do Vale do Paraíba parte de São Paulo, invade as Minas Gerais e o Rio de Janeiro e se espicha até o litoral. O que pouca gente sabe é que foi por ali que os primeiros bandeirantes vindos de São Vicente acessaram, a partir de São Paulo, as Minas Gerais e se embrenharam Brasil adentro. Foi dali também que hábitos e preferências, ingredientes, pratos e modos de fazer se disseminaram através de tropas e bandeiras, de portugueses, mamelucos e caboclos.

Nas entranhas do Vale, nas belas terras altas da Mantiqueira e da Bocaina, muita coisa boa ainda ficou escondida. Dona Marta Noronha, da Serra dos Noronha em Itanhandu-MG, mantém a tradição familiar de plantar o milho crioulo com o qual faz, com alegria, fubá e farinha. Com as palhas multicoloridas dessas raras espigas ela ainda faz um lindo artesanato.

Aliás, movimento, rota, caminho, sempre foram características marcantes do Vale, por causa da sua localização fundamental e privilegiada.

O caipira, que antes só trabalhava pela subsistência, hoje trabalha também pela sustentabilidade.

Por tudo isso, juntos, Tordesilhas e Rafael Cardoso resolveram promover um evento dedicado a todas estas maravilhas da região. Mara passou alguns dias por lá, convivendo com produtores, descobrindo produtos, proseando, provando, cozinhando, colhendo, se emocionando com histórias tão bonitas.

Serviço: A compra dos ingressos e reservas da aula e dos jantares deverão ser feitas com antecedência e exclusivamente a partir do contato telefônico.

Evento: Jantares - Bocaina, Mantiqueira, Vale do Paraíba. Velhas rotas. Novos caminhos. Comida caipira com história e denominação de origem.

Quando: 04 e 05 de Outubro de 2018

Onde: restaurante Tordesilhas – al. Tietê, 489

Preço: R$ 180 por pessoa (bebidas e serviço à parte)

Venda de ingressos e Info sobre o evento: (11)3107-7444

Informações sobre produtos e produtores: (12) 99775-9493 – Rafael Cardoso

VENDA DE INGRESSOS A PARTIR DE 20/09 – QUINTA-FEIRA

Evento: Aula - Da subsistência à sustentabilidade. O Caipira, a Bocaina, a Mantiqueira e o Vale do Paraíba. Rafael Cardoso e Mara Salles

Data: 03/10/2018 – das 15:00 h às 18:00 h

Venda de ingressos e Informações: (11)3107-7444

Local: restaurante Tordesilhas – al. Tietê, 489

Valor: R$ 80 (com degustação)

VENDA DE INGRESSOS A PARTIR DE 20/09 – QUINTA-FEIRA

 

CARDÁPIO

Afogado* de Cordeiro + Cachaça Artesanal

Lardo e Lulas

Rillette de Porco Caruncho e Legumes em Conserva

Embutidos e Queijos artesanais + Melado de Cana

Bolinho Caipira (recheio: galinha solta)

Mão de Farofa de Formiga Içá - Homenagem a Ocílio Ferraz

Angu de Fubá de Milho Crioulo com Legumes da Roça e Caldo de Feijão

Leitão de Festa, Mini Arroz Caldoso e Vegetais

Doce de Laranja Serra D’agua, Ricota da Talitinha e Bolão

Café com Paçoquinha

 

Produtos usados no cardápio e produtores:

Cordeiro – Denise, Fazenda Real da Bocaina

Lardo, Rillette, Leitão e Ricota – Rafael Cardoso e Talita, Curiango Venda e Cozinha

Embutidos – Thiago Novais, Entre-Serras

Galinha solta e ovos – Valdecir e Sônia

Mini Arroz – Neto, Alto dos Marins Arrozes Especiais

Formiga Içá – Matheus Araújo, Restaurante do Ocílio

Doce de laranja Serra d’água – dona Doralice

Milho Crioulo, Fubá de milho crioulo – dona Marta

Legumes – Fazenda Coruputuba

Queijos – Joãozinho de Laura e Mico, Alagoa

Farinha de Milho do Monjolo – Joãozinho de Laura

Melado – seu Tião Costa

Cachaça – Guilhen - Cachaça Excelência

*Afogado é um prato típico do Vale do Paraíba, feito geralmente na Festa do Divino e distribuído de forma gratuita à população. Tradicionalmente é preparado com carne bovina.

CARDÁPIO SUJEITO A ALTERAÇÕES

Publicidade
Publicidade
Publicidade